O FUTURO DO MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA EXIGE PONDERAÇÃO E RESPEITO


Com a publicação da saudação do Dr. Luís Raposo aos Amigos do MNA, do artigo do jornal Publico e da notícia da Antena 1, todos abaixo transcritos, chega ao fim a missão deste blogue independente,
feito por alguns amigos do MNA.

A luta travada nos últimos anos em defesa do MNA, impedindo a sua transferência para a Fábrica da Cordoaria Nacional, foi coroada de êxito.

Ao Dr. Luís Raposo desejamos as maiores venturas na continuação da sua carreira profissional.

Se um dia o MNA voltar a estar em perigo, regressaremos,

porque por agora apenas hibernamos.



quarta-feira, 14 de julho de 2010

Eixo museológico Ajuda-Belém irá prosseguir apesar de Resolução parlamentar em sentido contrário.

Como sinal do estado de degradação do sistema política a que o País chegou, vale também a pena registar a afirmação explícita e assumida do não cumprimento por parte do Governo de uma Resolução da AR. Tratando-se de matéria não contratualizada eleitoralmente, nem incluída no programa governativo votado na AR, o mínimo que se pode dizer é que o Governo trata desrespeitosamente a AR, com se esta fora mera agremiação recreativa.

Lisboa, 14 jul (Lusa) - A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, afirmou hoje que o plano traçado para o eixo museológico Ajuda-Belém, em Lisboa, irá prosseguir apesar de recomendação parlamentar que apelava à suspensão - Gabriela Canavilhas
Questionada hoje pela oposição durante a audição na comissão parlamentar de ética, sociedade e cultura, Gabriela Canavilhas afirmou que "a decisão do ministério está tomada" e considera que "é a mais indicada para o interesse público".

Sem comentários:

Enviar um comentário