O FUTURO DO MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA EXIGE PONDERAÇÃO E RESPEITO


Com a publicação da saudação do Dr. Luís Raposo aos Amigos do MNA, do artigo do jornal Publico e da notícia da Antena 1, todos abaixo transcritos, chega ao fim a missão deste blogue independente,
feito por alguns amigos do MNA.

A luta travada nos últimos anos em defesa do MNA, impedindo a sua transferência para a Fábrica da Cordoaria Nacional, foi coroada de êxito.

Ao Dr. Luís Raposo desejamos as maiores venturas na continuação da sua carreira profissional.

Se um dia o MNA voltar a estar em perigo, regressaremos,

porque por agora apenas hibernamos.



sexta-feira, 9 de julho de 2010

"A grande cruzada de Luís Raposo"

Certamente motivado pelas declarações da senhora ministra da Cultura em entrevista ao jornal Público, o jornal SOL resolveu ir à procurar do director de museu que, sózinho com "mais duas ou três pessoas", tem perturbado tanto a governante, a ponto de lhe exigir grandes doses de paciênca.
O resultado é a entrevista que hoje saiu a lume e de que se dá notícia na lista de contactos via Internet MUSEUM, de onde retiramos estas referências:

O caso dos museus do eixo Belém-Ajuda continua a dar que falar. Ontem, no Parlamento, a ministra da Cultura foi novamente confrontada com o assunto, tendo-lhe sido chamada a atenção que só os custos previstos para o novo Museu dos Coches representam 10 vezes mais do que o corte que o MC quer agora fazer aos criadores com quem já tinha contratado apoios.
A ministra respondeu que as verbas do novo Museu dos Coches não pertencem à Cultura. Fraca resposta. Primeiro porque o Governo há-de ser só um e a crise deveria bater a todos por igual. Segundo porque nada obriga a que a verba do Casino seja para ser gasta no novo Museu dos Coches (em nenhum lado está dito isso, no contrato de concessão do Casino). Terceiro porque só para a transferência do MNA para a Cordoaria Nacional, já o MC disse que disporia este ano de verba
idêntica à que quer agora cortar aos criadores. Faz sentido ?
Hoje, o jornal SOL inclui um perfil desenvolvido do director do MNA, sob o título "A grande cruzada de Luís Raposo". Vale a pena ver abaixo.

Sem comentários:

Enviar um comentário