O FUTURO DO MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA EXIGE PONDERAÇÃO E RESPEITO


Com a publicação da saudação do Dr. Luís Raposo aos Amigos do MNA, do artigo do jornal Publico e da notícia da Antena 1, todos abaixo transcritos, chega ao fim a missão deste blogue independente,
feito por alguns amigos do MNA.

A luta travada nos últimos anos em defesa do MNA, impedindo a sua transferência para a Fábrica da Cordoaria Nacional, foi coroada de êxito.

Ao Dr. Luís Raposo desejamos as maiores venturas na continuação da sua carreira profissional.

Se um dia o MNA voltar a estar em perigo, regressaremos,

porque por agora apenas hibernamos.



sábado, 3 de abril de 2010

Sobre o Museu Nacional de Arqueologia, por Maria José de Almeida

Um texto sentido, que vale a pena ler…
Não me lembro quando terei entrado no Museu Nacional de Arqueologia (MNA) pela primeira vez. Cresci em Lisboa e a minha mãe sempre teve nos museus da cidade poderosos aliados contra o tédio de quatro crianças – mais primos e amigos de visita – nos longos verões escolares dos anos 70. Devo ter ido ao MNA pela primeira vez em criança e não me lembro.
Mas lembro-me bem quando entrei pela primeira vez na reserva do MNA….

V. texto completo em: http://www.mouseion.me/?p=764

1 comentário:

  1. Bom dia,

    queria agradecer a referência ao texto que a Maria José simpaticamente escreveu para o Mouseion e indicar-lhes o endereço específico do post, uma vez que não estará sempre presente na página principal. O endereço do post é http://www.mouseion.me/?p=764

    Muito obrigado e cumprimentos.

    ResponderEliminar