O FUTURO DO MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA EXIGE PONDERAÇÃO E RESPEITO


Com a publicação da saudação do Dr. Luís Raposo aos Amigos do MNA, do artigo do jornal Publico e da notícia da Antena 1, todos abaixo transcritos, chega ao fim a missão deste blogue independente,
feito por alguns amigos do MNA.

A luta travada nos últimos anos em defesa do MNA, impedindo a sua transferência para a Fábrica da Cordoaria Nacional, foi coroada de êxito.

Ao Dr. Luís Raposo desejamos as maiores venturas na continuação da sua carreira profissional.

Se um dia o MNA voltar a estar em perigo, regressaremos,

porque por agora apenas hibernamos.



quinta-feira, 8 de abril de 2010

Última hora: PSD quer que ministra esclareça transferência do MNA para a Cordoaria

O Grupo Parlamentar do PSD entregou hoje um requerimento dirigido à ministra da Cultura com as questões que pretende ver esclarecidas sobre a transferência do Museu Nacional de Arqueologia dos Jerónimos para a Cordoaria Nacional.
O director do MNA quer uma avaliação da segurança sísmica do edifício da Cordoaria.
A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, deverá ir ao parlamento no dia 14 de Abril a pedido da Comissão de Ética, Sociedade e Cultura, para ser ouvida pelos deputados sobre aquela matéria.
O Ministério da Cultura, através do Instituto dos Museus e da Conservação (IMC), que tutela o museu, já anunciou as diversas fases do projecto de transferência, com a previsão de iniciar obras na Cordoaria no início de 2011.
Na quarta-feira, os deputados da Comissão de Ética, Sociedade e Cultura estiveram no Museu Nacional dos Coches, no Museu Nacional de Arqueologia (MNA) e no Museu de Arte Popular para tomar conhecimento da situação dos vários espaços museológicos.
Aos deputados, o diretor do MNA, Luís Raposo, reiterou que a transferência do espólio de arqueologia só deverá ser feita quando estiverem garantidas as condições geotécnicas e a adaptação do edifício da Cordoaria.
Num requerimento hoje dirigido a Gabriela Canavilhas, o Grupo Parlamentar do PSD enumera uma série de interrogações, nomeadamente se o Ministério da Cultura vai”solicitar estudos geotécnicos ao LNEC, tal como foi prometido e anunciado pela senhora ministra” da cultura.
Também pretende saber se a tutela, “após terminados os estudos geotécnicos, mandar executar um projecto de arquitetura, respeitador do edifício da Cordoaria Nacional e respeitador do programa museológico do Museu de Arqueologia”.
Os deputados do PSD também pretendem saber quais vão ser os custos da instalação do MNA na Cordoaria e posteriores custos de manutenção.
Na quarta-feira, no final da visita dos deputados ao MNA, o diretor do IMC, João Brigola, que também se encontrava presente, em declarações aos jornalistas, estimou em 15 milhões de euros os custos de todo o projecto, incluindo os estudos, o projecto arquitetónico, adaptação e instalação.
08.04.2010 - 19:08 Por Lusa (Publico online)

Sem comentários:

Enviar um comentário